Tatuagens Planetárias

sábado, outubro 15, 2016 Cecilia Fernandes 0 Comments

via pinterest
Alô, alô amantes do espaço e da infinitude que nele existe
Minha recente obsessão quanto o universo de tatuagens refere-se a tatuagens relacionadas a planetas e constelações, aqueles desenhos que mostram o que existe além do planeta Terra, sejam aquelas minimalistas ou as que ocupam mais espaço quando colocadas no corpo. Mediante essa minha paixão repentina, fui atrás de algumas ideias a fim de inspirar-me e acabei entrando numa atmosfera de desenhos e artes incríveis, decidi separar algumas imagens e os significados das tatuagens numa postagem sobre esse conteúdo que muito me interessa. Espero que gostem :)
As tatuagens de planeta podem ter seu significado associado a crença de algumas pessoas quanto a vida fora da Terra, quanto a existência de outros seres pensantes existindo no Universo além de nós, como um reflexo da vontade de descobrir novos mundos e existir em outras realidade que transcendam o comum. É resultado da curiosidade que temos dentro de nós mesmos desde sempre e serve para lembrar-nos de quão grande é o mundo e de como somos pequenos nas nossas particularidades quando nos comparamos a ele.

Existe também o significado associado à astrologia, de que a posição dos astros pode influenciar na nossa vida terrena. Alguns estudiosos e adeptos a ideia por trás dos signos acreditam que a posição dos planetas quanto ao Sol pode alterar a forma com que nos vemos, pensamos, agimos e somos em relação a vida em si, as tatuagens podem exprimir a noção de que os planetas influenciam não somente na estruturação do Universo, mas no nosso próprio destino.

Eu particularmente acredito que as tatuagens de planeta exprimem meu desejo de viajar, minha curiosidade quanto os astros e tudo que existe acima de mim, acima das cabeças das pessoas comuns, dos políticos, dos líderes, das santidades, das guerras, da fome e de todas as singularidades que existem no Planeta que hoje vivemos. Vejo o simples desejo de saturno, que é um planeta que gosto muito por estar associado a introspecção, a reunião consigo mesmo, ao autoconhecimento, como uma forma de me lembrar que existe muito mais além do que eu conheço. 

fontes

0 comentários: