5 feeds do Instagram para se inspirar

terça-feira, julho 19, 2016 Cecilia Fernandes 0 Comments


Alô, alô procrastinadores de plantão e apaixonados pela fotografia informal
Uma das coisas que mais gosto de fazer no meu tempo livre é vagar pelo Instagram a fim de ler manchetes rápidas, aprender novas curiosidades, ver vídeos sobre culinária, stalkear pessoas famosas e também ir atrás de fotógrafos não profissionais que tiram foto pelo simples prazer de capturar um momento que os agradaram. 

Alguns desses fotógrafos utilizam técnicas que vão além dos aplicativos de edição buscando transformar seus feeds em álbuns versáteis de fotografia, eles exprimem suas visões de mundo e as pessoas que são internamente, uns seguem tipos de cor, temperatura e formatos específicos na intenção de criar padrões acessíveis aos seus gostos e estilos. Buscando exemplificar o que disse e divulgar o trabalho desses bons fotógrafos, separei meus cinco perfis favoritos, espero que gostem :)

A Botelho lá do feed gentinhadoceu usa e abusa dos efeitos especiais e da edição, a guria manda muito bem quando o assunto é transformar ideias em realidade. Por meio das suas fotos ela une o mundo imaginário com o mundo real e muitas vezes a tela de seus planos é seu próprio corpo. Seja por meio de tintas, adesivos, maquiagens e outros recursos, ela é capaz de transportar seus seguidores pro mundo inebriante de seus pensamentos enquanto os envolve num loop cada vez mais profundo. 

A inspiração que tiro de suas fotografias é justamente essa, de unir o real ao sonhado, de dar voz aos devaneios e usar como ferramenta de concretização a fotografia em suas infinitas possibilidades sem se importar com os exageros, com a nudez ou com os limites, aliás, creio fortemente que ela faz questão de ultrapassa-los por meio da arte.
O lindíssimo do Gabriel Marques do feed antropofagia é o único dos fotógrafos aqui citados que eu tenho contato direto, conheci esse jovem talentoso num grupo do facebook sobre o filme As Vantagens de Ser Invisível, naquela época o amor dele por fotografia tava crescendo e de um tempo para cá esse carinha tem me encantado ainda mais com suas ideias. 

Sua fotografia é antes de tudo sincera, as fotos capturam momentos que transmitem sensações diferentes, mas sempre honestas e admiráveis, seus cliques equilibram todos os elementos necessários transmitindo realmente o que ele procurou ressaltar, além disso, suas ideias de ensaios são maravilhosas e uma das minhas eternas favoritas é o inspirado no álbum Pure Heroine da Lorde com uma modelo que realmente deu voz a ideia desse moço. 

Minha inspiração desse cara super simpático e carismático parte de suas ideias, de sua ousadia e de como ele busca retratar momentos genuínos (tô tentando lembrar dessa palavra só há umas horas) como eles são permitindo que o seguidor sinta o momento como se estivesse lá.
Eu conheci a Bárbara Namie do vaccin3s por intermédio da Madu lá do blog Além de Vestidos, ela é mais próxima da moça e durante uma das nossas longas conversas no skype ela me fez ir até o perfil da mesma apenas para conferir que o talento dela era encantador, comentei umas fotos dela e acabei descobrindo que além de talentosa era um amor de pessoa com um perfil que retratava justamente esse lado dela. 

Com as suas fotos, a Bárbara busca mostrar o que ela vê do mundo em diferentes ângulos, seja de cima ou por meio do reflexo do espelho a garota trás um ar meio vintage pras suas fotos como se vivesse numa daquelas épocas onde fazia sempre frio. 

Ela me inspira com a sua mágica e seu encanto ao criar um universo a parte com suas fotos , transformando atitudes simples como tomar café da manhã em um cenário de filme antigo onde a melancolia e os detalhes criavam a história num todo. É na simplicidade das fotos dessa pessoa fofa que se encontra a inspiração.
O Gabriel desse perfil é o Antunes lá do tudohipster e minha história com ele é meio longuinha. Quando comecei a transformar meu perfil do instagram em um feed não sabia muito como fazer, por isso fui atrás daqueles que tinham maior costume com isso e acabei me deparando com o feed desse moço que foi um dos primeiros que eu segui e uma das minhas grandes inspirações fotográficas a partir de então. 

Suas fotos adotam tons escuros de azul, verde e cinza que trazem aquela melancolia para as mesmas criando um contraste convergente com o que ele buscou demonstrar durante os cliques, minha inspiração provém da simplicidade das suas fotos que utilizam como foco os tons e os desfoques.
Conheci o trabalho do Bernardo Moreira há pouco tempo por meio de amigos que admiram seu trabalho com uma certa idolatria, nunca entendi muito bem o motivo de tal, mas depois de passar horas a fio explorando suas redes sociais pude entender - e me juntar ao grupo - o que eles viviam dizendo. 

O perfil desse moço trabalha predominantemente com os nus artísticos, mas trás também ensaios de outros segmentos que buscam retratar a mesma ideia: o corpo e suas complexidades morais e psicológicas. Em seu perfil, ele fala sobre o amor livre, sobre o conhecer-se a si mesmo fisica e moralmente, sobre a beleza dos traços dos seres humanos em seus defeitos e principalmente sobre o ser humano no sentido de existir, por meio de fotos contrastantes com modelos e cenários fenomenais o Bernardo faz questão de tirar o fôlego de seus seguidores mostrando um lado diferente das pessoas com seus cliques.

Poderia falar dele por horas, e talvez faça uma postagem apenas para poder proclamar todo o meu apreço pelo talento e pelo trabalho desse rapaz, mas como o espaço é curto e o assunto é muito deixo aqui um breve resumo que sustenta a minha inspiração retirada desses ideais humanistas e antropocentristas do fotógrafo que , por meio dos seus cliques, transmite sensações de paz, tranquilidade e união pessoal.

0 comentários: