5 melhores vídeos de motivação

quarta-feira, outubro 07, 2015 Cecilia Fernandes 0 Comments


Alô, alô pessoinhas
Antes de arremessarem pedras e facas sobre mim, explico que meu sumiço se deu por causa da escola, de alguns problemas na internet e um foco excessivo sobre a escrita e meus projetos literários. Mas não pensem que abandonei esse universo no meio tempo, desenvolvi idéias de postagem enquanto viajava no Facebook ou no Youtube e cá estamos: formulando uma postagem sobre vídeos.
Esses últimos dias tenho visto diversos vídeos dos mais variados gêneros, mas me atrai bastante por uma série de vídeos motivacionais com diferentes mensagens e optei por lista-los e compartilha-los aqui. Espero que gostem :)

1. "Velho Quem?" pela Pfizer

O vídeo foi desenvolvido pela Pfizer Brasil onde é questionado a questão da “idade inferior”, no vídeo, um grupo de jovens é entrevistado junto a um grupo de idosos que são levados a responder perguntas do tipo quantas vezes você sai com os seus amigos, qual a última viagem que você fez, que esporte você pratica de forma a leva-los a refletir sobre suas últimas experiências e sobre a vida que possuem atualmente. No vídeo é fácil identificar a diferença entre dois grupos, enquanto os idosos assumem que veem seus amigos pelo menos três vezes durante uma semana, os jovens acusam não ter tempo para tal mostrando que mal veem os amigos fora da rotina.

Dessa forma, a Pfizer explicou o termo envelhecer sem vergonha – transformado por esse grupo em uma campanha sensacional - de forma prática, mostrando que os idosos são muito mais jovens e dispostos quanto as experiências acerca da vida, mostrando que jovens de dezoito anos apresentam características de inválidos e pessoas incapazes de diversas coisas.

A intenção do vídeo é valorizar o idoso, mas também despertar a consciência do público jovem e adulto de que a vida está do lado de fora do escritório ou do quarto escuro, que existe um mundo de possibilidades a ser explorada com toda a energia e vitalidade presente na sua carteira de identidade , que existe muito mais da realidade do que as bolhas isoladas em que eles são colocados, e quem melhor para exemplificar isso que os idosos, estes que nessa fase buscam viver ao máximo estando livres das cobranças sociais e pessoais? 

2. "#TipoMenina" pela Always

Com um teor mais feminista, a empresa Always retratou um grupo de jovens garotas expostas a uma câmera sendo questionadas sobre a ideia “você age como uma garota” presente em seus cotidianos. Ali, elas são guiadas a mostrar como as pessoas acham que uma garota age e como ela realmente age trazendo a tona a ideia de que agir como uma garota não faz mal nenhum, até porque elas são capazes de tudo que desejarem

A proposta da Always é simples, mostrar como uma adolescente com hormônios a flor da pele e sentimentos a mil reage a certas ofensas enquanto defende o ideal da capacidade presente em cada uma delas, se você corre como uma garota porque não ser a melhor corredora? Se você luta como uma garota, o que te impede de ser a melhor delas? Se você é uma garota, porque não ser forte, rápida e capaz como os garotos que te rodeiam nessa fase?

O vídeo é inspirador, ele quebra paradigmas, destrói barreiras e mostra que o preconceito com o público feminino na verdade é apenas um incentivo para que as mesmas se mostrem cada dia melhor e mais forte, por algo prático e levemente tímido podemos ver que dentro de cada garota existe algo muito maior. 

3. "O treino que muda opiniões" por Rio 2016

O vídeo em si é um choque, dá pra ver pela reação das pessoas envolta quando se depara com para-atletas  realizando proezas que aqueles tachados como “normais” não são capazes.

 O cenário, uma academia, no primeiro quadro vê-se homem com nanismo e atrofia nas pernas entrar na sala de musculação de uma academia enquanto recebe olhares tortos que na realidade nem o atinge, em segundo um corredor com uma deficiência na perna chegando com o apoio de uma muleta e colocando uma perna própria de corrida enquanto atrai os olhares de todos, no terceiro uma mulher com dificuldade visual aparecendo em um treino de judô e recebendo como resposta um silêncio geral.

 Em seguida cada um desses começa a realizar o inesperado: o corredor sobe na esteira entre todas as outras pessoas e inicia uma corrida na maior velocidade da mesma sem nem ao menos ofegar, suas pernas cumprem uma velocidade inimaginável e as pessoas mal as veem, mas ficam boquiabertas e chegam até a parar suas atividades ali para observar a proeza de um homem estourando os limites impostos pela máquina; a judoca consegue derrubar sem muita dificuldade os homens que antes a julgavam com o olhar sem muita demora e cansaço; e o “anão” supera o peso de uma barra colocando tantas anilhas que chega a atingir a estrutura metálica da mesma em que se exercita.

Com pequenos esquetes, as pessoas mostram sua reação a quem grava o vídeo, completamente desnorteados e maravilhados em uma mistura desconexa, eles admiram a capacidade e as proezas cumpridas pelo trio chegando a ficar sem palavras, logo aqueles que tinham estabelecido um “pré-conceito” antes da cena acontecer.

Dessa forma, cada um se pergunta: se eles, em suas dificuldades, são capazes de tais atividades de forma fácil, por que eu tendo plena condição e capacidade de ser mais, simplesmente não sou? Realmente, te leva a pensar em seus limites e nas coisas que deixa de fazer por preguiça.

4. "Discurso para o filho" por Rocky Balboa 

Eu amo esse filme, sinceramente, são tantas partes boas que chego a me perder. No corpo de Rocky Balboa o protagonista representado por Sylvester Stallone encara as dificuldades da vida de um lutador famoso em conflito com a vida pessoas, com frases tão fortes quanto os socos recebidos o filme trás mensagens de superação, força e coragem necessárias no processo de formação de qualquer ser humano.

Nesse trecho específico, Rocky está conversando com seu filho, um homem cansado de viver a sombra do pai buscando culpa-lo pelos seus fracassos como pessoa, tentando jogar a responsabilidade e o fato de não acreditar em si para seu pai. Em contraposição, o mais velho afirma que durante toda sua vida viu o filho formar-se como a incrível criatura que ele seria, mas que em algum momento perdeu-o para as dificuldades da vida deixando que o mesmo se transformasse num covarde que nunca foi.

E ai ele mita, com um discurso incrível sobre a vida ser difícil, suja, desagradável e injusta, Sylvester passa ao telespectador a bela e sensacional ideia de que na vida não importa quantas vezes você é atingido, machucado ou derrubado, importa a força de vontade e o número de vezes que você é capaz de se levantar e continuar lutando pelo que acredita.

Nega que é verdade? Com essas palavras ele nos mostra que ser forte e corajoso são só um dos itens necessários para sobreviver nessa natureza selvagem que é o mundo atual, precisamos perseverar diante dos desafios que nos são impostos sempre tendo capacidade de continuar. 

5. "Sem braços. Sem pernas. Sem problemas!" por Nick Vujicic 

Nick Vujicic é um palestrante motivacional que nasceu sem pernas e nem braços devido uma deficiência conhecida como tetra-amelia que o levou a viver uma vida repleta de desafios, aceitações e julgamentos. Porém, Nick conseguiu dar a volta por cima e aos dezessete anos criou sua própria instituição conhecida como Life without Limbs (Vida sem Membros)  passando a proferir suas mensagens e ideais de superação para jovens de todo mundo. No vídeo acima, Nick está palestrando para uma turma de adolescentes explicando como o mesmo é capaz de ser feliz em sua atual situação, como ele lidou com os problemas e tornou-se o ser humano que é atualmente.

O segredo disso tudo? Gratidão. Apesar de todas as dificuldades, dores, pesares, desafios e problemas da vida, Nick revela-se como uma pessoa feliz e alto astral que é grato pela oportunidade de ser quem é, como é num mundo com atrocidades constantes, ele agradece a chance de levantar-se todo dia e poder ver o sol e sentir o calor do mesmo. Ele revela que na vida tempestades intermináveis são constantes, mudanças são precisas e força é algo que deve estar enraizado em nós, com palavras simples, porém sinceras ele consegue levar muitos as lágrimas e a reflexão real de sua palestra.

Qual é essa reflexão real? Temos a chance de levantarmos todo dia em um mundo inconstante, um mundo no qual crianças morrem de fome e seres humanos são tratados como animais temos em nossas mãos oportunidade de mudar e melhorar o ambiente em que vivemos, mas preferimos permanecer estagnados num conforto que pode acabar num piscar de olhos. Tantas pessoas, como  o Nick, enfrentaram e ainda enfrentam situações inumanas e complexas, mas mesmo assim são capazes de sorrir no fim do dia é tentar mudar o mundo, por que não fazemos o mesmo?

0 comentários: