Filme: Boyhood: Da infância à juventude

sexta-feira, janeiro 23, 2015 Cecilia Fernandes 0 Comments


Alô alô cinéfilos
Para quem não acompanha, mas pretende assistir o Oscar irá acontecer no dia 22 de fevereiro e a lista dos indicados pode ser acessada e lida aqui com direito a algumas informações adicionais (obrigada G1) e um dos filmes da lista que eu estava super ansiosa para assistir é o filme Boyhood que já ganhou três Globos de Ouro, três prêmios do Festival de Berlim, dois prêmios do British Independent Film Awards e conta com seis indicações ao Oscar sendo as principais indicações para: melhor filme, melhor diretor e melhor roteiro original. Com essas poucas informações já dá para criar uma base que justifica o motivo do filme ter entrado na minha lista de filmes favoritos, certo? Fiz uma resenha do filme e espero que gostem tanto quanto eu.

Doze anos foi o tempo utilizado pelo diretor Richard Linklater para gravar todo o filme, cada ano o diretor juntava a mesma equipe de atores com idades e aparências físicas diferentes para filmar algumas cenas e talvez seja por essa "tacada de mestre" do diretor que o filme é digno de todos os prêmios e indicações a qual foi exposto, durante o percorrer da história você percebe as mudanças ocorrendo com os personagens e isso é o mais surpreendente da história, a própria Patricia Arquette que atua como Olivia Evans, a mãe do protagonista disse durante uma entrevista no tapete vermelho do Golden Globe que após as gravações quando assistiu o filme percebeu os momentos da vida pessoal dela que ocorriam enquanto a personagem envelhecia na trama e isso a emocionou assim como emocionou os amantes do cinema.

O filme conta uma história extremamente comum contada em tempo real por assim dizer, conta a trajetória de vida do protagonista Mason Evans - representado maravilhosamente bem por Ellar Coltrane - um garoto comum filho de pais divorciados que acabou morando com a mãe, Olivia Evans (Patricia Arquette) e a irmã Samantha Evans (Lorelei Linklater), mas vê seu pai usualmente aos fins de semana. Mason vive em um período eterno de mudanças justificadas pela mania que sua mãe tem de se casar com caras ruins que a tratam mal em algum momento forçando-a  colocar sua própria família em situações desagradáveis, além disso o seu pai vive a maior parte da história perdido, como um verdadeiro fracassado, sem emprego fixo, sem uma família, sem casa, apenas seu carro e seus dois filhos. A história do filme procura retratar a vida de Mason desde a infância até a juventude mostrando ao telespectador o processo de amadurecimento dele em relação ao mundo, durante as duas horas de filme você percebe o garoto passando pela puberdade, enfrentando conflitos de personalidade, conhecendo garotas, amando e odiando pessoas, escolhendo caminhos para seu futuro e tudo que um ser humano em construção faz durante o percorrer de doze anos. Não se trata de um filme extraordinário com histórias improváveis, Boyhood é um filme sobre a vida.

Na trilha sonora contamos com a presença de músicas que vão de "Yellow", do Coldplay, a "Band on the Run", de Paul McCartney, passando por Blink 182, Sheryl Crow, Daft Punk, Pharrell Williams, Foo Fighters, Wilco, Lady Gaga e muito mais. Há devo ter escutado a playlist do filme umas quinhentas vezes só por causa dessa variedade toda. Além disso, as músicas são perfeitamente colocadas durante o percorrer do filme complementando as cenas, deixando cada momento mais notável e emocionante. Além dessas músicas o filme ainda cita referências a Harry Potter e bandas do ano 2000 o que deixa a ideia de vários anos se passando mais real

Boyhood é incrível por ser uma história comum. Quantas pessoas vivem a realidade de Mason? Pais separados, conflitos de personalidade, uma irmã mais velha complexada e uma vida repleta de idas e vindas? Não existe nada extraordinário na sinopse do filme, o fato de ser construído durante doze anos o tornou único, sim, mas o que o faz um filme especial tanto para mim quanto para os fãs são os ensinamentos que trazem a nós, as conclusões de Mason sobre términos de relacionamentos, família conturbada, relações entrecortadas e tudo que se pode acontecer na vida de qualquer um. Boyhood é incrível, sim e por isso é digno de todos os prêmios que irá concorrer.


Confira o trailer do filme abaixo:



Detalhes:
Lançamento: 30 de outubro de 2014
Dirigido por: Richard Linklater
Gênero: drama
Duração: 2h45min
Nacionalidade: EUA
Classificação: 

0 comentários: