Vasos decorados para o Natal

sábado, dezembro 06, 2014 Cecilia Fernandes 0 Comments


E ai galera? Tudo bom?
Eu postei lá no instagram a foto dos vasos que eu fiz fim de semana passado com meu pai e prometi que ia postar um tutorial aqui de como os fiz, eu tinha feito um com o meu pai só que as fotos de como eu o fiz se perderam no meio das pastas do meu computador e eu não consegui achar. Então esse tutorial é para compensar :) 




O que foi usado
Três pinceis 
Duas lixas médias
Tinta colorida
Dois vasos de barro
Jornal 
Esponja 
Sacola plástica



Os vasos de barro vieram deste jeito, esse revestimento brilhante é chamado de resina e protege o vaso ajudando na absorção de água ou outros líquidos, como iríamos pinta-los eu tive que lixar toda essa superfície tirando essa resina para que a tinta ficasse fixa ao vaso quando pintasse.Deu o maior trabalho, eu espirrei horrores com o pó da resina saindo do vaso, mas o resultado foi muito bom na hora de pintar já que a tinta fixou bem.


Depooois de lixar a aparência dele ficou meio bruta, então era a hora de criar um 'fundo' para o vaso, optamos pelo neutro e simples branco e o cobrimos com duas mãos  de tinta, a primeira foi para pinta-lo e a segunda para fortalecer a cor e corrigir as falhas da primeira mão e deixar bem branco. Eu pintei só uma parte dentro já que ia terra e não adiantaria muito pintar tudo. 


O resultado após pintar foi esse. O meu é o da direita e o do meu pai o dá esquerda. Usamos duas técnicas: (1) Sacola plástica: pegamos uma sacola daquelas furrecas de mercado e demos um nó nela achatando a ponta para que ficasse uma superfície plana, daí passamos na tinta e utilizamos de carimbo no vaso da esquerda, fomos pressionando a tinta pelo vaso até a tinta enfraquecer, daí pegamos o que sobrara da tinta e esfregamos pelos espaços em branco até ficar como está na imagem.  Utilizamos azul escuro e verde (2) Esponja: cortamos um pedaço mínimo de esponja e colocamos tinta nele, depois passamos a colocar a esponja em um ponto e puxar para lados opostos formando algo semelhante a bigodes, o que sobrou fomos espalhando pelo vaso. Como sempre insatisfeita com a simplicidade peguei a tinta rosa e esfreguei em toda minha mão para em seguida bate-la pelos arredores do vaso até ficar assim.

Claaaaaaro que eu não ia terminar o trabalho limpa. 

Assim como quem tá na chuva é pra se molhar, quem mexe com arte é pra se sujar. Não tenho essas frescuras de luva, avental e máscara facial, para mim o termo "mão na massa" é levado ao pé da letra. Lógico que quando é necessário, por questões de segurança, eu utilizo materiais de proteção, mas só os uso porque não tem jeito mesmo. Desde pequena gostei de enfiar a mão na lata de tinta e sair fazendo bagunça, inclusive limpando na roupa, ah, essa blusa branca era novinha há algum tempo atrás, mas eu tive a felicidade (infelicidade de acordo com a minha mãe) de sujar ela com respingos de tinta enquanto fazia uma maquete, minha mãe quase morreu e quis jogar  fora, mas meu pai disse que poderia usa-la como 'uniforme' para os trabalhos artísticos e eis que agora ela está um terror no quesito sujeira de tinta e minha mãe não quer nem toca-la haha. 
Arte além de estimular a criatividade é ma atividade manual extremamente divertida e recomendada pra pessoas hiperativas como eu (e o meu pai, beijo Quinho) por nos manter constantemente em movimento e ao mesmo tempo exercitar a parte da nossa mente relacionada ao foco (pintar exige uma concentração enorme)
É algo que todos deveriam aprender a lidar desde a infância (como eu graças ao meus pais maravilhosos) e desenvolver com o percorrer dos anos. Por isso eu indico a todos que tem um  lado criativo gritante :) 
Meu lema? Artista bom é artista sujo,

0 comentários: