Litera o que?

sábado, novembro 01, 2014 Cecilia Fernandes 0 Comments


Hoje o blog completa seis meses e eu não poderia estar mais feliz com essa data, o blog vem crescendo muito aos poucos alcançando recentemente 3,5K e seus trinta seguidores - obrigada a todos vocês - além disso eu fui reconhecida na escola como "A Cecília do Literamaniaca" e quase morri quando a menina me perguntou como é ser blogueira, rolou também uma entrevista com o jornal daqui chamado O Popular sobre política e a jornalista que fez a entrevista visitou o blog e disse que eu tenho potencial para ser jornalista o que me deixou muitíssimo feliz já que o reconhecimento de alguém que trabalha no mesmo ramo que eu gostaria de trabalhar é maravilhoso, teve ensaio com a maravilhosa da Madu do Além de Vestidos e também postagens mais dinâmicas que era o que eu estava procurando alcançar nesse último mês. 

Como começou: 

Desenterrei do meu armário esse meu caderno que tem tudo que escrevi - e ainda escrevo algumas vezes - quando a ideia da volta para a blogosfera surgiu, eu usei o nome Literamaniaca que é um neologismo para pessoas que são maniacas por palavras e livros e eu ouvi dela de um professor meu e no começo achei meio bobo e infantil, mas consegui me convencer de que um endereço único é o melhor endereço e pensei bastante no futuro que isso moveria e tudo mais. 
Então eu fiz tudo isso, o primeiro layout do blog foi amado, terrível e cheio de erros, esse atual dá para o gasto, mas tenho pensado que no dia que o blog completar um ano eu irei encomendar um especialmente e unicamente do Litera, maaaas isso é para o próximo ano hohoho.
Nos primeiros meses do blog sempre que me perguntavam qual era o nome eu dizia "Ah, é Literamaniaca" e obtinha como resposta "Litera o que?"e lá ia eu explicar toooda a história do blog pra pessoa que no final falava "Aaaah entendi" me achando louca, pois é.

Seleção de nomes

Essa é a lista de nomes que eu pensei em colocar no blog, mas nenhum me pareceu tão bom quanto Literamaniaca que foi um nome que surgiu por último quando eu já estava desistindo de novo do projeto, mas ficou e hoje estamos aqui. A ideia pro blog surgiu dia 10 de maio de 2014 durante a minha primeira viagem para São Paulo para assistir o show do One Direction, acontece que eu não havia levado absolutamente nada para ler durante a viagem e eu fico extremamente chata quando não tenho o que fazer, daí meu pai comprou o livro da Kiera Cass e eu terminei de ler ele em dois dias e me deu uma vontade louca de publicar a resenha em algum lugar, daí eu tava stalkeando o feed no insta da Madu e vi que ela tinha um blog assim como eu havia tentado fazer naquela época e quando eu vi que ela - raramente - postava sobre a história dos livros eu fiquei super animada, a Ani do Acerejada sempre compartilhou comigo suas opiniões sobre minha ideia e me ajudou bastante com a materialização do projeto todo, além disso eu já acompanhava diversas blogueiras - que hoje estão na minha blogroll - e achava fantástico o trabalho delas. Depois de loooongas semanas do processo extremamente burocrático e trabalhoso eu publiquei a resenha  que foi o pior texto que eu já fiz, mas no dia em que eu escrevi eu estava surtando por causa do final e não sabia como escrever certo, mas saiu.


Feedbacks 
E ai vieram os feedbacks pessoas que eu admiro disseram que era um ótimo começo, minha melhor amiga Mel achou super demais eu ter continuado com a ideia o Rafa me deu bastante apoio desde quando eu pensei em começar algo, meu irmão Breno foi quem intermediou tudo, eu tinha a ideia a animação e tudo que era necessário para montar e colocar o blog na ativa, mas foi ele que me fez ver que é bem mais complicado que isso - hoje eu enxergo isso, obrigada irmão - minha mãe Angela achou perigoso no começo, típica preocupação de mãe mesmo, mas hoje eu vivo escutando ela falando pras amigas dela que a filha dela é blogueira com o maior orgulho e eu amo isso, a Rafa do Coffepocket me ajudou muitíssimo com o layout quando dava erro e me passou inúmeras dicas para que o blog se tornasse o que é hoje. 
O blog sempre foi meu cantinho especial, onde eu escrevia tudo e compartilhava cada coisa qu achava fantástica na internet, hoje vejo e comento com pessoas de todo o Brasil que compartilham dos mesmos interesses que eu, fiz amigos e continuo constantemente fazendo amigos da blogosfera essa casinha tão acolhedora. 
Eu posso não ter citado todas as pessoas que me apoiaram, mas eu agradeço a cada uma de vocês, desde a que me chamaram de louca até as que surtaram comigo com o primeiro comentário em uma postagem qualquer. De verdade pessoal, o blog não existiria sem o apoio de vocês. 

0 comentários: