Resenha: Deixe a Neve Cair

quarta-feira, setembro 03, 2014 Cecilia Fernandes 0 Comments

"Três histórias, uma noite de natal"
Eu estava simplesmente morrendo para ler esse livro, é o último que falta para completar a coleção e eu peguei esse da foto emprestado com minha amiga e Deus eu não planejo devolve-lo (mentira, te devolvo sim Isa linda)
Vamos a sinopse.
Sinopse: Na noite de natal, uma inesperada tempestade de neve transforma uma pequena cidade num inusitado refúgio para insuspeitos encontros românticos. Em Deixe a neve cair, bem-sucedida parceria entre três autores de grande sucesso entre os jovens, John Green, Maureen Johnson e Lauren Myracle escrevem três hilários e encantadores contos de amor, com direito a surpreendentes armadilhas do destino e beijos de tirar o fôlego. Comédia romântica com a assinatura de um dos maiores bestsellers da atualidade, o livro é o presente de Natal perfeito para os fãs de John Green e de histórias de amor e aventura.

"Ás vezes parece que o universo quer ser notado."

Quero dizer que eu amo muito esse livro antes de começarmos. Eu amo muito esse livro.
O livro Deixe a neve cair, reúne três contos de natal escrito pelo John Green e pelas lindas da Maureen Johnson e da Lauren Myracle, como fã do John Green achei incrível vê-lo trabalhar com universos e personagens de outras escritoras.
Cada conto reúne a história de um personagem. Maureen ficou com a história de Jubileu, sim ela é uma garota, não ela não é stripper, uma garota comum que não pediu para ter dois pais completamente vidrados em itens de natal de uma empresa chamada Flobie que produz miniaturas colecionáveis de natal. Próximo a véspera de natal seus pais vão para a portada loja da Flobie para aproveitar a liquidação como fazem todo ano e deixam Jubileu em casa esperando por eles, acaba que eles se envolvem em um acidente com quatro outras famílias na porta da Flobie e são levados a delegacia. O advogado da família, que na verdade é só o vizinho deles, entrega a Jubileu passagens para a casa de seus avós na Flórida, mesmo com a nevasca Jubileu junta todas suas coisas e parte rumo ao trem. Enquanto isso a garota enfrenta problemas no relacionamento com Noah, um garoto lindo de morrer que todas as garotas morreriam para ter, esses problemas são gerados pelo fato de Jubileu não poder estar presente na festa anual de natal de sua família que também é seu aniversário de um ano de namoro e Noah parece estar muito ocupado com a festa para se importar se Jubileu vai viajar no mesmo dia de uma nevasca.
No trem Jubileu faz amizade com um garoto chamado Jeb que está indo para Gracetown, uma cidade entre o destino de Julie (esse é o nome que ela usa quando não quer ver a cara de espanto das pessoas ao ouvir seu nome) e onde ela está agora. Jeb conta que está indo atrás de sua namorada que o traiu porque a ama e os dois se tornam amigos.
Eis que a nevasca se torna tão forte que o trem quebra. No meio do nada. Pois é. Jubileu fica presa no trem com uma equipe de líderes de torcida super irritantes e com Jeb então a garota decide sair do trem e ir em direção de uma Waffle House - que é tipo um Starbucks mais pobre - em busca de calor, sinal de telefone e ajuda. Jubileu chega a Waffle House e  tenta ligar para Noah pela quarta vez, mas este, novamente, não a atende. A aventura de Jubileu começa quando um garoto alto, magro e aparentemente do sexo masculino com sacolas plásticas de compras molhadas na cabeça e presas nas mãos e nos pés entrou na lanchonete. Stuart Weintraub passa de um garoto estranho para o herói de Jubileu.

"Não é o que o universo nos dá que importa, é o que nós damos ao universo que importa"

John ficou com a história de Tobin, Duke e JP. Três amigos que ficam presos em casa assistindo a uma maratona de filmes do James Bond durante a nevasca que são intimados para a Waffle House por Keun, um cara que se diz o cozinheiro e o assistente de gerência em exercício, mas é só o cara que entrega o cardápio e pega o pedido por causa de uma invasão de líderes de torcida (sim, as do trem) na Waffle House, JP e Tobin são facilmente convencidos a enfrentar a nevasca no momento em que ouvem a expressão líderes de torcida, já Duke, a garota do grupo, se nega veemente a sair do seu conforto por causa de um grupo de garotas gritando irritantemente, mas os amigos conseguem convence-la quando prometem pagar a ela porções infinitas de seu prato favorito.
A aventura desses três começa quando eles saem de casa e o carro simplesmente atola na neve.
 "Todos cometemos erros."

E por fim, Lauren fica com a história de Addie que é a namorada de Jeb, o carinha que virou amigo da Jubileu no trem. Addie não traiu Jeb propositalmente, basicamente a garota estava irritada com o Jeb no dia de uma festa que rolou na casa de um dos caras mais cafajestes que era um dos amigos mais próximos de Addie, acontece que esse amigo dela ficou sabendo da briga então ele simplesmente embebedou a garota e a fez ficar com ele, sim, aproveitou-se do estado frágil dela.
Então ela enfrenta esse dilema pessoa, ela sente falta de Jeb muita falta, ela se encontra nesse fundo do poço emocional onde ela procura uma resposta pra ter feito  oque fez e uma saída para poder ficar com  Jeb novamente, suas duas melhores amigas tentam apoia-la, mas chega uma hora que elas simplesmente se cansam e contam para ela que a culpa de tudo é só do fato dela ser uma grande egoísta e não pensar nos outros. Addie fica irritada ao extremo, cansada de se sentir triste a garota manda um e-mail para Jeb uma semana antes do natal, combinando de se encontrar com ele no Starbucks, onde ela trabalhava e onde eles costumavam ficar juntos.
A aventura de Addie começa quando ela é forçada a buscar o mini-porco de sua amiga. Sim, um mini-porco chamado Gabriel 

"- Caminho longo, com certeza, o caminho longo."

Eu simplesmente amei esse livro. Meu conto favorito é o da Jubileu, por ela ser a típica personagem quebra-padrão de best seller, pela história dela ser comicamente trágica, por causa do Noah, do Stuart e principalmente das líderes de torcida.
Esse livro me fez lidar com ideais como família, amigos, relacionamentos e afins. Me fez pensar sobre todas as escolhas que fiz e que venho fazendo e me mostrou que o que realmente importa é se no final do dia eu vou poder sorrir de verdade. De nada adianta agir como todos esperam se isso não te faz feliz.
Eu me apaixonei muitíssimo por cada um dos escritores e amei de verdade o trabalho deles com cada personagem, cada história e como eles aproveitaram uma simples Waffle House e a transformaram em um enredo para um livro.






Dados:
Nome: Deixe a neve cair
Autor: John Green, Maureen Johnson e Lauren Myracle
Editora: Rocco
Lançamento: 2008
Nº de páginas: 335

Classificação: 

0 comentários: