Para meu irmão.

sábado, agosto 23, 2014 Cecilia Fernandes 0 Comments


Á treze anos atrás eu descobri que seria a irmã caçula de um garoto baixinho e cheio de atitude que iria me proteger e me defender dos perigos e das pessoas ruins, foi mais ou menos aos seis anos que eu entendi que ter um irmão é nunca estar sozinha.
Desde quando eu era um projeto de gente que só sabia chorar e gritar você estava lá, na frente do meu carrinho dançando Bananas do Pijama e me fazendo rir enquanto balançava meus pés, tentando me pegar no colo mesmo quando você não conseguia, soprando todos os meus machucados e me dando a mão quando eu estava na rua como se só você fosse capaz de me proteger.
Você também estava lá quando eu aprendi a andar de bicicleta e foi você que me incentivou a tirar as rodinhas e simplesmente arriscar, claro, você também estava lá quando eu tentei andar e cai e o melhor de tudo que você me levantou e não riu de mim, só me abraçou enquanto eu estava frustrada e me ensinou a andar no quintal de casa.  Foi você que enxugou a maioria das minhas lágrimas, arrancou de mim as melhores risadas, me deu os melhores abraços, me mostrou o universo dos filmes, me indicou o primeiro livro que me levou a me apaixonar por todos os outros e contou as melhores piores piadas que eu conheço.
É você que me defende, me ajuda, me abraça, me zoa, me enche o saco por preocupação, me irrita e depois me faz rir, é você que procrastina comigo, lê meus textos e minhas histórias e diz “ficou loquíssimo” ou “tá ó uma bosta” é você que tira foto minha dormindo pra me zoar, que quebrou dois óculos meus, que opina nas minhas roupas sempre que eu saio, que fica perguntando se vai ter algum garoto, que me zoa por ser cega, pequena, ter cabelo ruim, ser dentuça e ser gorda e é você que diz, quando qualquer pessoa me zoa ou me insulta: “ela é minha irmã e só eu posso dizer isso”, é você que dorme comigo quando eu vejo um filme de terror ou quando eu estou assustada, é você que surta com as séries, livros, filmes e tudo mais parecendo uma garotinha e quem me ajuda com o blog sempre que eu preciso.
Tudo que eu posso fazer é agradecer.  Agradecer por cada momento que tivemos juntos todos esses anos, desde os tristes até os mais felizes, agradecer por simplesmente ter sido presenteada pelo irmão mais maravilhoso que eu poderia pedir a Deus. Você sempre foi e sempre será meu herói e meu melhor amigo, independentemente da distancia eu sei que posso contar com você para tudo e a qualquer hora.
Eu te amo tanto que não consigo expressar nessas quatrocentas e cinquenta e nove palavras, mas eu sei que você sabe que meu amor por você é muito grande. Muito mesmo, até maior que sua fome ou minha preguiça.
Tá, tá ficando muito gay, mas você entendeu certo?
     Feliz aniversário Aquaman, continue sendo essa pessoa incrível que eu amo tanto. 

0 comentários: